domingo, 20 de setembro de 2009

ESTÁTUA DE CAVALO

  • A estatua de um soldado num cavalo com as duas patas no ar, significa que ele morreu em combate.
  • Se o cavalo estiver com uma pata no ar, significa que ele morreu em decorrência de ferimentos após o combate.
  • Mas se ele estiver com as quatro patas no chão, significa que morreu de causas naturais.

10 comentários:

WILLIAM ROBERTO CUNHA disse...

desculpe minha pergunta...mas ''ele'' significa quem...o soldado ou o cavalo? sério, eu não entendi...meu e-mail e´...wrcabol@yahoo.com...obrigado. william roberto cunha

Celestino Loureiro disse...

tá claro que se refere aos cavaleiros. Eles querem lá saber do cavalo!

WILLIAM ROBERTO CUNHA disse...

Boa tarde Celestino Loureiro..obrigado pela resposta, agora sim ficou claro para mim...mas...mas eles, que não sei quem são...deveriam querer saber do cavalo sim...coitado...gostei da foto, muito, e eu não sabia estas descrições de estátuas equestres tinham estes significados...vivendo e aprendendo...tenho visto muitas estátuas do jeito que voce cita...agora posso ensinar para meus netos e netas...mais uma vez obrigado e que tudo esteja bem com voce, comigo e com a humanidade.

Anônimo disse...

Essas informações não passam de lenda. Pura viajem. Isso não existe. É até hilário! Kkkkkkkk

Simone Correa disse...

Ele é o cavalo, não o cavaleiro

Anônimo disse...

Ele é o cavalo!!! Quem está com as pernas levantadas???

Denis Carlos disse...

Seria o cavalo, mas isso não passa de lenda.

Anônimo disse...

Eu nao entendo os comentarios sem fundamento!!! Para quem acha (de maneira ignorante) que a informacao è incorrecta, basta analisar as estatuas e se informar sobre a vida e falecimento do cavaleiro. Posso avancar as vossas pesquisas e mencionar alguns exemplos;
- Estatua de Marco Aurelio
- Estatua de Gengis Khan
- Estatua de Marques de Pombal
E mais esta informacao diz respeito ao CAVALEIRO

Viajantes Andinos disse...

Deveria ser seguido este princípio, mas infelizmente nem todas nações a seguem de maneira que não podemos generalizar isto como uma norma. Falam que toda regra tem exceções, porém neste caso, haveria muito mais exceções do que regras. Existem muitas esculturas equestres, aqui mesmo no Brasil, totalmente diferentes de outra também em nosso país. Veja por exemplo, o nosso Caxias, homenageado em esculturas onde o cavalo está com uma e outra com duas patas no ar.

wiston disse...

Deveria ser seguido este princípio, mas infelizmente nem todas nações a seguem de maneira que não podemos generalizar isto como uma norma. Falam que toda regra tem exceções, porém neste caso, haveria muito mais exceções do que regras. Existem muitas esculturas equestres, aqui mesmo no Brasil, totalmente diferentes de outra também em nosso país. Veja por exemplo, o nosso Caxias, homenageado em esculturas onde o cavalo está com uma e outra com duas patas no ar.