sexta-feira, 15 de maio de 2009

COMO SE MEDE O TEOR ALCOÓLICO NAS BEBIDAS?

(Do Guia dos Curiosos do Saber) O teor alcoólico de uma bebida é calculado com base na porcentagem de álcool puro presente na mesma. Uma bebida que possui teor alcoólico 10% vol., por exemplo, tem 10% de álcool em seu volume. Esta mesma medida pode ser expressa em ºGL, com a mesma significação. A sigla é a abreviação de Gay Lussac, o nome de um químico francês responsável por diversas constatações relativas ao comportamento dos líquidos. Em geral, as cervejas se enquadram entre as bebidas de baixo teor alcoólico (menor ou igual a 6º GL), os vinhos e licores são de médio teor (não ultrapassando os 20º GL) e os uísques, vodcas e aguardentes têm alto teor alcoólico (chegando às vezes aos 40 ou até 50º GL).

7 comentários:

Anônimo disse...

a pergunta foi COMO se media o teor alcoólico...

Cristian Mq disse...

Me decepcionei também. Eu procurava uma resposta para o "como" e não "o que significa a medida de teor alcoolico". É uma pena, ainda não achei esta resposta...

Átila Campino disse...

Bem, vamos por partes...
Existe uma técnica chamada "destilação fracionada", que consiste em aquecer um elemento em estado líquido à pontos de ebulições diferentes. Como isso é feito?
Primeiro se aquece à uma temperatura mais baixa, o líquido que evaporar nessa temperatura é separado e resfriado posteriormente (processo chamado de condensação, em que resfria-se o vapor [... em estado gasoso] até que se torne liquido novamente), o líquido que não havia evaporado antes é exposto à um calor maior e assim sucessivamente até que se sapare os líquidos desejados. (maiores esclarecimentos, vide a referência)
Esse processo é usado por exemplo com o petróleo e nesse é chamado de refino.
No caso de bebidas alcoólicas, o álcool entra em ebulição (do líquido para o gasoso) em exatos 78,5ºC, e sabemos que a água ebuli aos seus 100ºC. Façamos as contas:
Se o álcool evapora à uma temperatura menor que à da água basta manter a temperatura constante em torno da desejada para separar o álcool da água, podendo assim ser medida a proporção litros de álcool/litros de subextratos (o restante do que compõem a bebida, água e outros materiais).
Colaboração gratuíta, que eu gostaria que fosse acressentada ao post, e não que ficasse apenas nos comentários.
Ps: Lembrem que os pontos de ebulição citados aqui são relativos à pressão atmosférica padrão.
Citemos as fontes:
Wikipéida - 28/02/11 - http://pt.wikipedia.org/wiki/Destila%C3%A7%C3%A3o_fracionada
Portal São Francisco - 28/02/11 - http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/fisica/evaporacao-e-ebulicao-1.php
Abraços.

Fernanda disse...

A resposta definitivamente não foi a que eu estava esperando
que droga é essa?

Diego disse...

Obrigado. Seu Post ajudou bastante. Acredito que as críticas que foram realizadas são porque as pessoas querem o POP diretamente nas mãos.

Anônimo disse...

Gostei da clareza e decisão da sua resposta. Obrigado

Anônimo disse...

Átila, não se pode medir através de destilação fracionada pois uma mistura de álcool e água é uma mistura azeotrópica. Logo, seu volume de álcool medido após a destilação será subestimado.